Nossa História

A história do Brechó São Francisco inicia em 2001, quando seu proprietário Reginaldo Franco de Carvalho abre uma pequena loja de roupas novas e seminovas juntamente com uma sócia. Inexperiente na área, com poucos recursos, poucas perspectivas e grande vontade de aprender, foram muitos os desafios encontrados.

Foi apenas em 2011, já formado no curso de Comércio Exterior e decidido não seguir carreira na área de formação, que o espirito empreendedor falou mais alto e várias modificações foram tomadas. Primeiramente acabou com a loja de roupas novas transformando tudo em brechó, depois separou as lojas por setores masculino e feminino direcionando o público para cada segmento, estudou a necessidade dos seus clientes, mudou a própria visão sobre o ramo de brechós, ampliou as lojas e aproveitou o aquecimento econômico onde as pessoas estavam consumindo mais, porém com uma nova abertura e conscientização na relação de consumo.

Atualmente o Brechó São Francisco possui uma grande estrutura, são mais de 50 mil peças expostas, preza pela higiene e organização, conta com uma extensa equipe de colaboradores, possui estacionamento próprio, salas de avaliação e compras, lavanderia própria e em 2017 inaugurou a babyChico, um brechó super mimoso voltado para o público infantil.

Hoje sabemos do nosso impacto na sociedade, na economia e no meio ambiente. Geramos empregos, pagamos impostos, sustentamos famílias, minimizamos os impactos causados pelo ato de consumo. Fora isso, as roupas que aqui não são vendidas ou não são atrativas para nosso público, são doadas para um brechó menor, para mais uma vez gerar emprego, sustentar famílias etc.

Possuímos também uma parceria com o ACRIDAS (Associação Cristã de Trabalho Social), onde mensalmente uma parte dos nossos rendimentos são destinados a ajudar e proteger crianças e adolescentes vítimas de violência sexual, maus-tratos físicos, abuso psicológico, negligencia e abandono.